Gente e Sociedade

Julgamento das acusações ao ex-policial acusado de matar George Floyd é adiado nos Estados Unidos


08/03/2021 - Fonte: Jornal O Sul

Derek Chauvin foi filmado com o joelho sobre o pescoço de George Floyd

O juiz Peter Cahill adiou o início do julgamento do ex-policial Derek Chauvin acusado de matar George Floyd previsto para começar nesta segunda-feira (08) com a seleção do júri nos Estados Unidos. O adiamento ocorreu a pedido da acusação.

Floyd veio a obito em maio do ano passado, durante uma abordagem policial na cidade de Mineápolis, está que motivou milhares de protestos contra o racismo nos EUA e em todo mundo, com o movimento conhecido como Black Lives Matter.

Derek foi expulso da policia dos Estados Unidos da América logo após ser flagrado através de filmagens de populares, durante quase nove minutos precionando o homem negro George Floyd sobre o chão, que estavá algemado e afirmava não conseguir respirar.

“I can’t breathe”

Delegacia em Minneapolis foi incendiada como forma de protesto à violência policial e racista nos Estados Unidos - Foto: Stephan Maturen/Getty Images/AFP

 Delegacia em Minneapolis foi incendiada como forma de protesto à violência policial e racista nos Estados Unidos - Foto: Stephan Maturen/Getty Images/AFP.

O magistrado Estadunidense adiou o julgamento pelo menos até amanhã dia nove (terça-feira) um outro tribunal avalia se é possivel acusar Derek de assasinato em terceiro grau, e  por este motivo os promotores de justiça querem aguardar essa decisão antes de começar a seleção do júri popular.

Caso o ex-policial responda a um homicídio de maior grau (o que acontece de acordo com a vontade de matar, premeditação e outras características do crime), a pena máxima dele pode ser maior.

Por Junior Meirelles / Gazeta Regional Online

Imagem : Jornal O Sul