Cultura e Lazer

Curtindo as férias e o verão no Sítio Água Grande


09/01/2020 - Fonte: Catullo Fernandes

A Associação Amigos da Água Grande - Fundação Barbosa Lessa, fundada em 2005, conveniada com a Prefeitura de Camaquã através da Secretaria da Cultura e Turismo tem como objetivo central, preservar a obra e a memória do escritor, além de conservar a beleza natural e ecológica da última morada do mentor do Tradicionalismo.

Conforme o presidente as associação, Álvaro Santestevan, uma maneira simples das pessoas apoiarem a entidade é visitando o local nesta temporada de verão, já que os valores das entradas de acesso ao parque ecológico contribuem para melhorias na infraestrutura e organização das atividades culturais.

Entre os principais atrativos estão a cascata com 65 metros de queda, além de outras pequenas cachoeiras bem como a casa onde residiu o escritor. Há ainda uma biblioteca em meio à mata nativa e objetos pessoais e livros do autor. O visitante pode percorrer ainda as trilhas ecológicas numa área de 15 hectares, com fauna e flora exuberantes.

O Sítio, encravado na serra do Herval, fica a 27 Km do centro de Camaquã, na Santa Auta - 5º distrito. Turismo histórico, cultural e ecológico em um único passeio é o que o visitante pode desfrutar visitando o último refúgio de Barbosa Lessa. O custo do ingresso ao parque é de R$ 5,00, sendo que crianças até 07 anos não pagam.

Aberto o ano inteiro para visitação, o sítio é o lugar ideal para um churrasco com os amigos ou um piquenique com as crianças, além de área para acampamento. O horário de visitação, exceto às segundas-feiras, é das 8h às 20 horas. Contatos podem ser feitos

com o administrador ambiental Luciano Rödel Moraes pelo celular (51) 99805.9487.

 

Cascata e trilhas em meio à mata nativa são atrativos da reserva ecológica

Foto: Divulgação Criarte