Gazeta Regional Cidades

Tudo pronto para iniciar a 20ª edição da Expodireto Cotrijal


11/03/2019 - Fonte:

A 20ª edição da Expodireto foi às 9h desta segunda-feira, em Não-Me-Toque com a presença do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e do governador Eduardo Leite. A feira mostra a tecnologia de ponta do maquinário e do cultivo agrícola, em ambiente voltado à geração de negócios, e também discute os assuntos do momento do agronegócio. O parque também exibirá o resultado do intenso trabalho de recuperação, feito pelos organizadores e pelos expositores depois do vendaval que derrubou placas e algumas coberturas no final da tarde de sexta-feira.

“Estamos prestes a fazer história com a maior e melhor edição de todos os tempos”, assegurava, já no sábado, o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica. Durante os cinco dias do evento, o parque deve receber mais de 250 mil visitantes interessados em conferir as novidades exibidas pela indústria de máquinas e equipamentos, os avanços da pesquisa e a evolução do manejo de cada cultura.

Ao mesmo tempo, os produtores e seus representantes estarão discutindo com os governos estadual e federal os planos para a próxima safra (ciclo 2019/2020). Neste ano, o foco do debate será a intenção já manifestada pelo governo federal de reduzir subsídios ao juro e aumentar a ajuda ao seguro rural, algo que pode mudar a concepção do financiamento agrícola nos próximos anos.

Parque recuperado

O parque da 20ª Expodireto Cotrijal está completamente recuperado do vendaval que destruiu parcialmente, na sexta-feira, estandes que já estavam prontos para exposição. É o que garante o vice-presidente da Cotrijal, Enio Schroeder. O dirigente da cooperativa explica que uma força-tarefa composta por equipes da Cotrijal e das montadoras presentes na Expodireto possibilitou a recuperação. “Tivemos muito trabalho durante o final de semana, mas a feira vai abrir suas portas com totais condições de atender o público”, prometeu.

Soluções para a caida do milho

O Fórum Nacional do Milho está marcado para 14h de hoje, no Auditório Central do Parque da Expodireto. O debate em torno do tema “Milho e Proteínas Animais” deve expor os desafios para aumentar a produtividade e propostas de soluções para abastecer a demanda da agroindústria, que tem sido maior que a oferta no Rio Grande do Sul. O presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal, Francisco Turra, deve fazer a apresentação inicial. Depois, a discussão será coordenada pelo ex-secretário da Agricultura, Odacir Klein. Participam representantes da cadeia produtiva do grão.

Segurança em pauta

O debate Segurança no Campo ocorre às 13h45min, no Auditório da Produção, e vai discutir como fortalecer as ações contra a criminalidade no meio rural, especialmente de combate ao mercado ilegal de defensivos agrícolas. A promoção é da Cotrijal, Frente Parlamentar de Combate aos Crimes Agropecuários e Sindiveg. Entre os participantes estão o vice-governador e secretário de Segurança, Ranolfo Vieira Júnior, e o presidente da Frente, Sérgio Turra.

Programação de segunda-feira, 11 de março:

9 h – Abertura oficial – Auditório Central
10 h – Inauguração da Calçada da Fama – Área Central
11 h – Inauguração da Casa do Grupo Record – Área Central
13h45 – Debate Segurança no Campo – Auditório da Produção
14 h – Fórum Nacional do Milho – Auditório Central
15 h – Seminário Famurs pelo Rio Grande – 3º Prêmio Boas Práticas – Auditório da Produção
17 h – Prêmio Semente de Ouro 2019 – Auditório Central

Publicidade:
Publicidade: