Gazeta Regional

Bandido que matou o avô no Cristal, é condenado a 18 anos de prisão por júri popular


08/02/2019 - Fonte:

Foi condenado a 18 anos de prisão em regime fechado, em júri popular ocorrido nesta quinta-feira (7), no Fórum de Camaquã, o homem que matou o próprio avô, em Cristal.

O julgamento durou o dia todo. O réu foi condenado por homicídio qualificado com emprego de fogo.

Jonathan Krinton Kruger, de 26 anos, foi condenado pelo crime, ocorrido na madrugada do dia 26 de março de 2017. Na ocasião, ele teria derramado gasolina e, em seguida, ateado fogo no corpo de Isaí Vitola Krinton, de 71 anos. Com medo do agressor, a vítima não quis acionar a polícia, nem o Serviço Móvel de Urgência (Samu). O socorro só foi acionado por volta de 9h pela esposa da vítima, devido ao agravamento do estado de saúde do idoso, que 70% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos.

Na ocasião, o Jonathan fugiu do local do crime e se apresentou na delegacia de polícia três dias depois. Atualmente, ele cumpria pena preventiva no Presídio Estadual de Camaquã.