Cultura e Lazer

O fim da Banda Led Zeppelin completa 38 anos hoje


04/12/2018 - Fonte:

Em 04 de dezembro de 1980 a banda Led Zeppelin anunciava oficialmente o seu fim, considerada por muitos uma das melhores de todos os tempos. 

Os integrantes decidiram por encerrar a banda depois da morte do baterista John Henry Bonham, aos 32 anos, ocorrido no dia 25 de setembro daquele mesmo ano. O músico foi vítima de sufocamento pelo próprio vômito. Na noite anterior, Bonham havia bebido muita vodca e foi dormir. Pela manhã, encontraram o baterista morto em um quarto na Inglaterra, onde o grupo estava reunido.

Apesar dos vários rumores sobre a morte de Bonham, uma autópsia revelou que não havia nenhum tipo de droga ilícita em seu corpo.

Entenda:

Led Zeppelin foi uma banda britânica de rock formada em Londres, em 1968. Consistia no guitarrista Jimmy Page, no vocalista Robert Plant, no baixista e tecladista John Paul Jones e no baterista John Bonham. Seu som pesado e violento de guitarra, enraizado no blues e música psicodélica de seus dois primeiros álbuns, é frequentemente reconhecido como um dos fundadores do heavy metal. Seu estilo foi inspirado em uma grande variedade de influências, incluindo a música folkpsicodélica e o blues.

Depois de mudar seu antigo nome de New Yardbirds, o Led Zeppelin assinou um contrato favorável com a Atlantic Records, que lhes ofereceu uma considerável liberdade artística. O grupo não gostava de lançar suas canções como singles, pois viam os seus álbuns como indivisíveis e completas experiências de escuta. Embora inicialmente impopular com os críticos, o grupo conseguiu um impacto comercial significativo nas vendas com Led Zeppelin (1969), Led Zeppelin II (1969), Led Zeppelin III (1970), o quarto álbum sem título (1971), Houses of the Holy (1973), e Physical Graffiti (1975). O quarto álbum, com a música "Stairway to Heaven", está entre as obras mais populares e influentes do rock e ajudou a consolidar a popularidade do grupo.

Álbuns posteriores da banda visaram uma experimentação maior e foram acompanhados por extensos recordes e concertos que renderam à banda uma reputação pelos seus excessos e sua devassidão. Apesar de terem permanecido bem sucedidos comercialmente e criticamente, a sua produção e agenda de shows foram limitadas no final da década de 1970, e o grupo se desfez após a morte repentina de Bonham, em 1980. Desde então os membros sobreviventes esporadicamente colaboraram e participaram de raras reuniões juntos. A mais bem sucedida deles foi em 2007 no Ahmet Ertegun Tribute Concert, em Londres, com Jason Bonham no lugar de seu pai.

Led Zeppelin é amplamente considerado como um dos grupos de rock mais bem sucedidos, inovadores e influentes da história. São um dos artistas que mais venderam na história da música, com várias fontes estimando recordes de vendas do grupo entre 200 a 300 milhões de unidades vendidas em todo o mundo. Com 111,5 milhões de unidades certificadas pela Associação da Indústria de Gravação da América, eles são a quarta banda de maior recorde de vendas de discos nos Estados Unidos. Cada um de seus nove álbuns de estúdio apareceu no Billboard Top 10 e seis deles atingiram a primeira posição. O músico Dave Grohl os descreveu como "a maior banda de rock and roll de todos os tempos", "a maior banda dos anos 70" e a revista Rolling Stone como o 14º maior artista da música. É uma das bandas mais contrabandeadas da história da música, com diversas gravações ilegais notáveis que indiretamente fizeram parte de sua discografia. Foram introduzidos no Rock and Roll Hall of Fame em 1995. Sua biografia no museu cita que a banda era "tão influente" na década de 1970 quanto os Beatles foram na década anterior.

Publicidade: