Gazeta Regional Cerro Grande do Sul

Armado com pistola, PM fere criminoso e impede assalto a banco em Cerro Grande do Sul


21/11/2018 - Fonte:

Armado apenas com uma pistola, um tenente do 30º Batalhão de Polícia Militar (BM) impediu na madrugada desta quarta-feira um assalto a um banco em Cerro Grande do Sul. Ele trocou tiros com uma quadrilha que tentava ingressar em um Banrisul da cidade e evitou que o posto militar fosse roubado. 

 

O policial militar pernoitava na unidade, que fica em frente ao banco, escutou o alarme da agência, que fica na avenida Coronel Arthur Emilio Jenisch, no Centro do município. Em seguida, o tenente ouviu um forte barulho de explosão e percebeu, minutos depois, que o próprio posto militar foi invadido. 

 

Além de tentar assaltar o banco, os criminosos decidiram ingressar na unidade da BM porque acreditavam que não havia ninguém de plantão. O PM surpreendeu os suspeitos e disparou três vezes contra o grupo e acertou um dos integrantes da quadrilha, que recuou ao mesmo tempo em que atirava com um fuzil.   

 

Abrigo em alojamento 

 

 

Durante o confronto, o tenente abrigou-se no alojamento do posto militar, enquanto o prédio era metralhado por tiros. Alguns disparos perfuraram a janela do local e outros acertaram a parede externa do edifício. Pelas câmeras de monitoramento, cujas imagens de parte dos criminosos ficaram registradas, o oficial contou cinco criminosos fugindo e embarcando em Nissan Versa, de cor branca. O veículo seguiu na direção da ponte do Velhaco.

 

O PM pediu apoio e reforço das unidades das cidades vizinhas. Um alerta foi emitido pela rede da Brigada Militar e uma operação de busca foi montada em municípios vizinhos. A quadrilha, no entanto, não foi localizada. No posto da BM ficaram marcas de tiros de fuzil 556 e de pistola calibre 9 milímetros, transformada em submetralhadora devido ao uso do kit rone, que potencializa o poder de fogo da arma.  

 

 

 

 
Publicidade:
Publicidade: