Gazeta Regional Eleições 2018

Ministro do TSE: urna eletrônica é “a mais segura e auditada do mundo”


28/10/2018 - Fonte: Agência Brasil

Uma hora antes de as seções eleitorais serem abertas neste domingo para votação, a Justiça Federal adotou em Brasília mais um procedimento para deixar claro que a urna eletrônica brasileira é “a mais segura e auditada do mundo.”

Chamado de zerésima, esse procedimento consiste na emissão de um documento que atesta não haver votos registrados antes do início da votação e que, portanto, não há alteração no sistema, no código e nas assinaturas digitais da urna.

Urna eletrônica é segura, disse o ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral, Carlos Bastide Horbach.

Em Brasília, coube ao ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Bastide Horbach, executar o procedimento em uma das urnas sorteadas. No caso, a da 49ª Seção da 11ª Zona eleitoral, localizada no Centro Educacional número 2, no bairro do Cruzeiro.

Publicidade: