Gazeta Regional Política

Presidenciáveis derrotados se dividem sobre apoios no segundo turno.


09/10/2018 - Fonte: Mirko Morelli - Gazeta Regional Online

Alguns dos candidatos derrotados na disputa pela Presidência da República adotaram discursos distintos após a confirmação de que o segundo turno será realizado entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Teve quem decidisse não declarar apoio para nenhum dos lados, mas alguns deles já deram indícios de seu lado na disputa.

Amoedo já declarou apoio a Bolsonaro. Sem assumir seu apoio para Haddad, o candidato do PDT, Ciro Gomes, deixou claro que não deverá apoiar Bolsonaro. Henrique Meirelles, do MDB, também não quis adiantar seu apoio no segundo turno. Ele pediu "união" e se colocou à disposição para "ajudar o Brasil". Quanto a Marina Silva, a ex-senadora e candidata pela Rede, culpou à estratégia do voto útil como motivo de seu desempenho tão ruim e não declarou apoio a ninguém.

Publicidade: