Gazeta Regional Eleições 2018

Jairo Jorge é oficializado candidato do PDT ao Governo do Estado


27/07/2018 - Fonte:

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) realizou convenção na quinta-feira (26) para confirmar o nome de Jairo Jorge como candidato ao Palácio Piratini. O ato reuniu mais de 800 pessoas no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa. O presidenciável Ciro Gomes (PDT) e o presidente do partido Carlos Lupi prestigiaram o evento.

Jairo Jorge ressaltou que quer ser governador para fazer diferente, para transformar a vida das pessoas. “Eu tenho experiência para fazer diferente. Fui um prefeito inovador e, durante os oito anos que administrei Canoas, busquei soluções originais para levar a minha cidade a outro patamar. É da forma que eu governei Canoas que entendo que o Rio Grande precisa ser governado. Não será com lamentações, com ataques, nem com uma guerra santa com os servidores públicos que vamos pacificar o Rio Grande do Sul”, disse Jairo Jorge, que tem como vice o empresário Cláudio Bier, do PV.

Denominada "Frente Rio Grande tem Solução", a coligação com o PDT gaúcho ainda está aberta. Até o momento são seis partidos que compõem a chapa: PDT, PV, Solidariedade, Podemos, PPL e Avante. A coligação ainda não definiu quem concorrerá ao Senado, decisão que deve acontecer até o dia 05 de agosto.

 

Bens congelados

No mesmo dia em que ocorria a convenção do PDT, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) anunciou que decretou a indisponibilidade solidária de bens do ex-prefeito de Canoas Jairo Jorge, junto com outros três integrantes da gestão e uma empresa. Eles são alvo de uma ação civil pública por improbidade administrativa, relativa a irregularidades na contratação com dispensa de licitação da GSH para prestar serviço de agendamento de consultas eletivas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município de Canoas.

Em nota, o candidato ao governo disse que não muda seus planos e definiu como precária a decisão e que irá esclarecer tudo.

Crédito: Luiz Munhoz/Divulgação

Publicidade: