Cultura e Lazer

Professor fala sobre o projeto do Memorial Farroupilha na Pacheca


02/07/2018 - Fonte:

O professor Antônio Carlos Rodrigues foi palestrante na reunião almoço da Associação Comercial e Industrial de Camaquã (Acic) na última quinta-feira (28), quando falou sobre o projeto Origem Farrapa, que prevê a construção de um Memorial Náutico Farroupilha na localidade da Pacheca, interior de Camaquã.

Em entrevista a Rádio Camaquense, o professor que foi idealizador e coordenador do Projeto Navegar - Rio Passo Fundo e organizador da Associação Socioambiental Amigos do Seival, explicou que o projeto para a Pacheca se propõe a ser um “guarda-chuva de várias outras propostas em conjunto, com a reconstrução do estaleiro farroupilha. Um memorial náutico farroupilha, reconstruindo o Seival, o barco mais famoso da guerra dos farrapos”.

Para isso, ele disse que espera o apoio de toda a comunidade. “Iniciativa privada e associativa, mas pode ter outros projetos que se agregam, como pousadas, reestruturação de casarões de época”, detalhou ele, explicando que a ideia surgiu ainda em Passo Fundo. “Trabalhávamos a navegação e veio a ideia de construir um lanchão farroupilha. Continuamos pesquisando e viemos conhecer o local onde foi construído o barco e o estaleiro na Pacheca”, lembrou. O projeto é desenvolvido em conjunto com Raul Justino, tetraneto do general farrapo Bento Gonçalves, que tem quatro hectares de terras próximo a balsa da Pacheca e que tem a mesma ideia de reconstruir o Seival.

O professor explicou que reuniões estão ocorrendo há um ano. “Elaboramos o projeto arquitetônico e do barco. Foram várias reuniões, inclusive com o governo do Estado”, disse. Em parceria com a Secretaria de Cultura, Turismo, Lazer, Desporto e Juventude de Camaquã, o projeto foi entregue há cerca de 20 dias para a Secretaria Estadual do Meio Ambiente, já que a área é um parque estadual.

Confiante que o projeto se desenvolverá e que o público poderá conferir as réplicas do que foi construído por Giuseppe Garibaldi durante a Revolução, ele finaliza: “Queremos envolver toda a comunidade neste projeto que é muito rico”.

Imagem: A imagem que ilustra a matéria é de Lucílio de Albuquerque, disponível no Instituto de Educação General Flores da Cunha, Porto Alegre. Mostra os farrapos levando o Seival, construído na Pacheca, para a épica batalha da tomada de Laguna.

Festa da República Italiana

Na noite desta segunda-feira (02), uma comitiva de dez pessoas, entre elas do governo municipal, representará Camaquã na 72ª Festa da República Italiana que contará com a participação do Embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, em Porto Alegre.

Convidados pelo Consul-Geral da Itália em Porto Alegre, Nicola Occhipinti, a comitiva camaquense leva, em sua intenção, o objetivo de estreitar os laços com a Itália de Guiseppi Garibaldi que morou na Pacheca há 180 anos, enquanto construía os barcos da Revolução Farroupilha.

Publicidade: