Gazeta Regional Estado

Frente Parlamentar apresenta denúncias sobre a venda das ações do Banrisul


14/05/2018 - Fonte:

Nesta segunda-feira (14), a Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul esteve reunida com a chefe de gabinete da presidência da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Catarina Pereira, para tratar da venda das ações do banco executada pelo governo Sartori. Além do presidente da Frente, deputado estadual Zé Nunes (PT), participaram o deputado Jeferson Fernandes (PT), o presidente do Sindicato dos Bancários, Everton Gimenis, representante do deputado Juliano Roso (PCdoB), e assessoria técnica.

Conforme Zé Nunes, foram protocolados vários documentos que enriquecerão o estudo da Comissão. “Está aberto o processo em que serão investigadas a forma de divulgação, se houve manipulação de preço e se há correlação entre quem organizou a venda e quem comprou as ações”, explicou.

Não foram definidos prazos, e caso haja apuração de irregularidades, os resultados serão encaminhados ao Ministério Público. “A CVM não se manifesta em relação ao mérito, mas este assunto será coordenado pela Superintendência de Proteção de Investidores e outras duas instâncias que dialogam com este assunto”, disse o parlamentar.

Na avaliação do coordenador da Frente, a reunião foi positiva, mas não conclusiva. “Demonstramos a seriedade e a importância deste assunto no Rio Grande do Sul, falamos sobre a ideia de uma CPI, sobre o diálogo com Tribunal de Contas do Estado(TCE), e com o Ministério Público de Contas (MPC). Tudo se encaminha para um processo de investigação que acompanharemos e divulgaremos”, adiantou.

A natureza da CVM é técnica, e, entre suas funções, está fazer a regulação deste tipo do negócio como a venda das ações, de forma a preservar o mercado.

Agenda

Durante à tarde, os deputados Zé Nunes e Jeferson Fernandes irão à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, para tratar da privatização da água no RJ, por conta do projeto de recuperação fiscal que o governo federal impôs. Após, irão no Setor da área Social do BNDES.

Foto: Divulgação

Publicidade: