Gazeta Regional Economia

Sicredi realiza Assembleia em Camaquã com 600 participantes


16/04/2018 - Fonte:

O Sicredi - instituição financeira cooperativa com mais de 3,6 milhões de associados em 21 estados brasileiros - investe em ações que valorizam a participação dos associados. Uma delas são as Assembleias, reuniões que permitem que a decisão coletiva se sobressaia e onde o associado pode votar e ajudar a decidir os rumos da cooperativa de crédito.

E foi isto que ocorreu na noite de 13, no Salão de Eventos da ACIC, quando o Sicredi Agro Camaquã, integrado aos 12 municípios da Sicredi Zona Sul, realizou uma concorrida assembleia, a última do calendário anual, reunindo cerca de 600 pessoas, incluindo membros das unidades locais, diretoria e associados. Estiveram presentes o presidente e vice-presidente da cooperativa, Nilson Ireno Loeck e Arlindo Holz, o diretor executivo Edson Carlos Marques, e integrantes do conselho de administração.

Atualmente a Sicredi Zona Sul conta com um quadro de mais de 64 mil associados, que geraram em 2018 um resultado de R$ 29,8 milhões. Na abertura do encontro o presidente Nilson Loeck destacou a importância das Assembleias. “Todo o investimento do associado é revertido no desenvolvimento da economia local. Desta forma, a rede de negócios é fortalecida, beneficiando a comunidade. Além disso, o associado também recebe a sua parte proporcional aos resultados do período”, ressaltou.

Conforme o gerente Raniery Rodrigues de Souza o objetivo das assembleias é, junto dos associados, realizar o balanço anual. Na oportunidade foi feita a prestação de contas do exercício 2017, o planejamento do ano 2018, e a destinação das sobras da cooperativa. “No Sicredi Zona Sul serão destinados R$ 290 mil para o Fundo Social, que tem como finalidade apoiar projetos educacionais, esportivos, ambientais ou sociais das comunidades locais”, destacou.

 

Fonte: Catullo Fernandes

 

Imagens: Catullo Fernandes

Publicidade: