Gazeta Regional Camaquã

Farmácia Verde colhe primeiros frutos


05/12/2017 - Fonte:

Na última semana, foram empacotados e etiquetados os primeiros cem pacotes de chás pelos apenados internos, do Projeto Acreditar é Preciso, que está sendo desenvolvido no Presídio Estadual de Camaquã (PECAM). O objetivo inicial era criar um espaço de plantas medicinais quando recebeu o nome de Farmácia Verde e foi um sucesso, tanto que os apenados também tiveram aulas práticas e palestras nas quais obtiveram conhecimentos para realizarem o processo, garantindo a eficácia dos produtos.

Segundo a coordenadora do Projeto Fitoterápicos e Plantas Medicinais da Secretaria de Saúde Cátia Menezes Pereira, e também coordenadora do Acreditar é Preciso, este trabalho teve início este ano e os participantes já estão colhendo as plantas medicinais que foram plantadas e cuidadas até a colheita que ficou sob a responsabilidade do apenado, Nelson Mallmann: “Ele é muito dedicado, e foi orientado e capacitado para este fim”, salienta.

“Com este trabalho, estamos contribuindo para socializar, resgatando pessoas para a utilização correta das plantas medicinais como prevenção, e assim, promover saúde. É muito gratificante ver os resultados positivos de sete meses de dedicação, parceria, comprometimento e atitude de todos para alcançar o mesmo objetivo. Agir para transformar!”, destaca Cátia.

A equipe do projeto é formada pelo secretário da Saúde João Guilherme Godinho, pelo administrador do Presídio Luis Alberto S. Tavares, pelas assistentes sociais Ingrid Peres e Mareli Schardosin, psicóloga Luciane Centeno, professora do NEEJA Cleusa Farias, sob a coordenação de Cátia Menezes Pereira e com o apoio da Celulose Riograndense – Grupo Vida.

O Projeto terá multiplicação de mudas e pacotes de chás para oferecer para a comunidade. Interessados podem entrar em contato pelo telefone: (51) 9.9522.2828.

Fotos: Divulgação

Publicidade: