Gazeta Regional São Lourenço

Meningite preocupa comunidade lourenciana


24/10/2017 - Fonte:

A morte de um menino no sábado (21), consternou, mas também preocupou a comunidade lourenciana. A causa do óbito seria meningite e, ainda que não tenha havia alguma confirmação da doença oficialmente pelas autoridades, na segunda-feira (23), a secretária da Saúde, Arita Bergmann e assessores reuniram-se com a equipe da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde.

Em uma nota publicada pela Prefeitura, a Secretaria Municipal de Saúde informou que já foram tomadas as medidas necessárias, seguindo o protocolo do Ministério de Saúde, utilizando antibióticos que buscam evitar que novos casos ocorram. “É importante ressaltar que, segundo o mesmo protocolo, a medicação de ação profilática – que objetiva impedir que a doença seja transmitida – deve ser administrada apenas em pessoas com as quais o menino teve contato íntimo, no caso, a família”, diz a nota, ainda destacando que as vacinas contra a meningite são administradas conforme o Calendário Vacinal do Ministério de Saúde para 2017.

A nota também esclarece que as equipes das Unidades Básicas de Saúde (UBS) visitarão as escolas do município para verificar a Carteira Vacinal dos adolescentes, buscando identificar possíveis casos em que seja necessária a vacinação. “A Secretaria Municipal de Saúde cumpre o seu papel de proteção das crianças e adolescentes do município através do sistema vacinal disponível nas Unidades Básicas de Saúde. É importante lembrar que é dever dos responsáveis a verificação da Carteira Vacinal, lembrando que as Unidades Básicas de Saúde estão disponíveis para esclarecimentos de dúvidas sobre a mesma. Lembra, ainda, que é importante manter as residências bem arejadas, assim como os hábitos de higiene básicos, evitando a proliferação de bactérias de doenças em geral”, finaliza a nota.

Foto: Divulgação

Publicidade: