Gazeta Regional Geral

Médica atuante em Camaquã morre em Porto Alegre


25/06/2021 - Fonte: Rádio Camaquense

A Dra. Scheila Thofehrn estava internada no Hospital Moinhos de Vento, na capital.

 

 Faleceu na manhã desta sexta-feira (25) na grande Porto Alegre a médica Nefrologista, Dra Scheila Pretto Almeida Thofehrn. Ela estava internada no Hospital Moinhos de Vento, na capital, onde passou seus últimos dias.

  Scheila atuou por muitos anos em Camaquã, na Nefro-Clínica  e Clínica Dr. Thofehrn, além de ajudar na Associação dos Transplantados de Camaquã. Natural de Porto Alegre, a Dra. Scheila Thofehrn recebeu o título de Cidadã Camaquense em 2019, através do Projeto de Decreto Legislativo nº 2 de 2019, de autoria do Ver. Prof. Claiton Silva.

O projeto outorgava à Dra. Sheila Pretto Almeida Thofehrn o Título de Cidadã Camaquense, conforme está previsto nos arts. 185 a 187 do Regimento Interno da Câmara de Vereadores.

 

Sobre 

 A Dra. Scheila Pretto Almeida Thofehrn nasceu em 6 de novembro de 1962 no município de Porto Alegre – RS, mas vive desde o ano de 1988 na cidade de Camaquã.

 Ela era formada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas, em 1985, e em seguida aprovada no Programa de Residência de Clínica Médica Hospital de Clínicas de Porto Alegre, após ingressou no Programa de Residência Médica em Nefrologia da Universidade Federal de Pelotas, o qual finalizou em 1988

 Iniciou a sua atividade médica em Camaquã em 1989 com atendimento em consultório e como membro do Corpo Clínico do Hospital Nossa Senhora Aparecida na especialidade de Nefrologia.

 Em 12 de abril de 1990 realizou a primeira sessão de hemodiálise na Nefroclínica - clínica em que foi a responsável-técnica. Em reconhecimento a atuação da Nefroclínica ao longo dos anos, recebeu diversas e significativas distinções, através de troféus Imagem News 2000 e Clave do Sol 2000 (Porto Alegre), Top of Business 2001 (São Paulo), além de Prêmios Consagração Pública por diversos anos consecutivos e Personalidade do Ano em 2010.

Em 1996, foi realizado o primeiro transplante renal num paciente da Nefroclínica. O procedimento cirúrgico ocorreu no Complexo Hospitalar da Santa casa de Misericórdia de Porto Alegre.

 Em 2009, com o objetivo de incentivar a doação de órgãos e amparar o paciente doente renal crônico participou juntamente com pacientes e seus familiares da criação e fundação da Associação dos Pacientes Transplantados e Renais Crônicos de Camaquã e Região Centro-Sul - ATC.

 Em parceria com essa entidade participou de várias atividades, entre elas destaca-se diversas palestras e Campanhas de Prevenção da Doença Renal Crônica e Doação de órgãos.

 Todo esse envolvimento oportunizou que Camaquã se tornasse a Cidade Amiga do Rim consolidada através da Lei Municipal 1605/2011 que instituiu o dia 12 de abril como o Dia Municipal de Prevenção da Doença Renal Crônica, data em que foi realizada a primeira sessão de hemodiálise.

 Ainda, como voluntária, coordenou na região Centro-Sul várias campanhas do Dia Mundial do Rim desde 2006, sendo em cada ano desenvolvidos diferentes temas de acordo com a Sociedade Internacional de Nefrologia (ISN) e Federação Internacional de Fundações Renais(IFKF).

 A Rede Meridional de Comunicação, através de seus colaboradores, emite os mais sinceros sentimentos ao esposo da Dra Scheila, o Dr. Ricardo Thofehrn e à família.

 

Por: Claudenir Sodré/ Gazeta Regional Online -  Infomações da Biogarfia em Câmara de Vereadores de Camaquã

Imagem: reprodução/ redes sociais

Publicidade: