Gazeta Regional Região

Sexta será de chuva no Rio Grande do Sul


28/05/2021 - Fonte: MetSul Meteorologia

 A sexta-feira será de muita chuva no Rio Grande do Sul, alerta a previsão do tempo da MetSul Meteorologia. Com efeito, áreas de instabilidade ingressam já na madrugada a partir do Oeste e do Noroeste com chuva e raios. No decorrer do dia, a chuva alcança todas as regiões. Em Porto Alegre, por exemplo, a chuva deve chegar entre o final da manhã e o começo da tarde.

 Antes da instabilidade, entretanto, o sol aparece com nuvens ao menos em parte da manhã junto ao Leste gaúcho. Serão os casos de Porto Alegre e Pelotas, como exemplos. 

 Volumes elevados decorrerão do quadro de acentuada instabilidade atmosférica com um centro de baixa pressão e o aporte de ar quente de Norte. 

 Com o avanço da instabilidade e o ingresso de ar quente sobre Santa Catarina e o Norte da Argentina, não podem ser descartadas tempestades localizadas de granizo ou vento forte acompanhadas de muitos raios.

 Os acumulados em diversos municípios da Metade Norte entre hoje e amanhã podem ficar perto de 100 mm com marcas até de 100 mm a 150 mm, isoladamente superiores. Isso equivale a chuva de maio inteiro ou até mais em apenas um dia, o que fará com que parte do território gaúcho termine este mês com precipitações muito acima da média histórica. 

 Entre as regiões que podem ter volumes muito altos de chuva nesta sexta-feira estão o Planalto Médio, parte da Serra dos Aparados e ainda o Centro-Oeste do Estado. Cidades como Carazinho, Passo Fundo, Soledade e Lagoa Vermelha estão entre as que podem ter acumulados muito altos. Nestas áreas, a chuva por vezes vai ser forte a torrencial com possibilidade de registro de alagamentos e rápida elevação de arroios e córregos. No Sul gaúcho, ao contrário, deve chover bem menos. 

 Porto Alegre e região metropolitana têm risco de chuva moderada a forte na segunda metade do dia. A chuva pode vir acompanhada dd trovoadas na Capital e região. 

 A MetSul antecipa que a chuva deve vir acompanhada de descargas elétricas. As trovoadas podem ser fortes a muito fortes em algumas regiões do Rio Grande do Sul.

Texto: MetSul Meteorologia

Imagem: reprodução

Publicidade: