Gazeta Regional Esporte

Nos pênaltis, o Inter perdeu para o América-MG e está fora da Copa do Brasil


19/11/2020 - Fonte: O Sul

Nas penalidades máximas, o Colorado foi superado pelo América por 6 a 5.

 Em noite de decisão pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Inter foi a Belo Horizonte (MG) enfrentar o América-MG. A equipe gaúcha precisava reverter o placar de 1 a 0 aplicado pelos mineiros no primeiro jogo. O Colorado venceu no tempo regulamentar pelo placar mínimo, mas nas penalidades foi superado pelos donos da casa por 6 a 5. O resultado tirou o time de Abel Braga da competição.

 O gol da partida foi anotado por Yuri Alberto, que entrou no segundo tempo.

 Primeiro tempo

 Precisando do resultado, o Inter começou a partida no ataque, marcando em cima. Apesar de ficar com a bola e buscar as laterais como forma de chegar ao ataque, não conseguia criar chances claras.

 A primeira boa chance veio aos 18 minutos com o América-MG. O lateral-esquerdo João Paulo arriscou bom chute de fora da área e assustou Marcelo Lomba. A bola passou raspando o travessão.

 Acabou sendo a única oportunidade de perigo. Os comandados por Abel Braga, que colocou um Colorado a campo no 4-2-3-1, ficou mais com a bola, apostando na troca de passes para chegar ao gol, mas que não criou boas chances de marcar.

Segundo tempo

 O segundo tempo começou da mesma maneira que foi o primeiro. Internacional com a bola, trocando muitos passes, porém, sem criar oportunidades efetivas.

 O técnico Abel Braga mexeu no ataque, botando Yuri Alberto no lugar de Leandro Fernández, mantendo a estrutura tática e deixando a equipe com dois volantes, mesmo precisando ser mais ofensivo.

 Buscando ficar com a bola e equilibrar a posse, o técnico Lisca colocou Alê no jogo no lugar de Geovane.

 Aos 49, o gol do Internacional. Thiago Galhardo achou Yuri Alberto, que encheu o pé, colocou a bola nas redes de Matheus Cavichioli e levou a decisão para os pênaltis.

 O América-MG converteu com Léo Passos, Messias, Sabino, Marcelo Toscano, João Paulo, Juninho. Já Daniel Borges isolou

 Já no Inter, Galhardo bateu para fora, Lindoso fez, Edenílson deslocou Cavichioli e botou no ângulo, Yuri Alberto, autor do gol na partida, fez a dele, Rodinei também marcou, Praxedes colocou no ângulo, Uendel isolou a última cobrança e eliminou o Colorado.

 Com a vitória nas penalidades, o América-MG irá encarar o Palmeiras nas semifinais da Copa do Brasil buscando vaga na decisão do torneio nacional. O Inter tem pela frente o Fluminense, no Brasileirão, no domingo (22), e no meio da semana, na quarta (25), recebe o Boca Juniors, pela primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Ficha técnica:

 América-MG: Matheus Cavichioli, Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus, João Paulo, Flávio (Sabino), Juninho, Geovane (Alê), Ademir (Daniel Borges), Rodolfo (Léo Passos), Felipe Azevedo (Marcelo Toscano). Técnico: Lisca.

 Internacional: Marcelo Lomba, Rodinei, Zé Gabriel, Víctor Cuesta, Moisés (Uendel), Rodrigo Dourado (Caio), Rodrigo Lindoso, Edenílson, D’Alessandro (Praxedes), Leandro Fernández (Yuri Alberto), Thiago Galhardo. Técnico: Abel Braga.

 Arbitragem: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Inês Back (SP). VAR (árbitro de vídeo): Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP).