Gazeta Regional Camaquã

Moradora do Ouro Verde convive há 10 anos com esgoto a céu aberto


12/02/2020 - Fonte: Maria Zeli Magalhães

Um esgoto a céu aberto tem gerado transtornos à Maria Zeli Magalhães, moradora da rua Calixto Nilo, no Bairro Ouro Verde. A tubulação que recolhe os esgotos de várias residências do bairro despeja a água em um valão nos fundos da sua residência. Em dias de chuva, o valão transborda e a água do esgoto invade o pátio da casa.

Em entrevista à Gazeta Regional Online, a moradora disse conviver com o problema desde que se mudou para o endereço. “São 10 anos em que, toda vez que chove, a água do esgoto invade o pátio da minha casa. Tenho duas netinhas, de 3 e 1 aninhos de idade, que não podem brincar na casinha que tem no pátio por causa do esgoto.

Nas imagens enviadas pela moradora, é possível notar que a água que sai do esgoto invade grande parte do pátio da residência. Segundo Maria Zeli, a água contaminada chega a 3 metros da porta da cozinha, exalando mau cheiro e atraindo ratos e insetos.

De acordo com a moradora, nos últimos dez anos, ela já protocolou pedidos de providências junto à Secretaria de Infraestrutura e tem esperança de que a atual administração possa finalmente solucionar o problema.

Publicidade: