Gazeta Regional Camaquã

Acúmulo de lixo preocupa moradores do Bairro Dona Tereza em Camaquã


21/10/2019 - Fonte: Igor Garcia - Fotos: internauta Portal Gazeta Regional Online

O acúmulo de lixo e entulho em terrenos baldios é uma prática comum. Em nossa cidade, várias vezes um local sem uso acaba se tornando o pior inimigo da sociedade.

Além da desvalorização dos imóveis nas redondezas, o prejuízo à saúde e ao bem estar da população são alguns exemplos de como essa prática suja afeta todos nós.

Um acúmulo de lixo localizado na rua Inácio Xavier Azambuja vem preocupando os moradores do bairro Dona Tereza.

Um internauta do Portal Gazeta Regional Online enviou fotos que ilustram bem a situação, segundo ele, o problema é comum e rotineiro.

"Aqui esse problema é comum, infelizmente. Eles aproveitam a noite e colocam lixo aí nesse terreno. Agora colocaram até um jogo de sofá ali"

No terreno que virou ponto de acúmulo de lixo, existe ainda uma construção abandonada que também é motivo de preocupação.

"Essa construção aí também complicada, seguidamente tem gente usando drogas ali, fazem baderna, e perturbam a vizinhança."

 

Os malefícios de um mini lixão em seu bairro

 

Ratos, baratas, doenças, mau cheiro, poluição ambiental e visual são apenas alguns dos sinônimos de lixo em terrenos baldios. Podendo conter pneus e poças d’água, terrenos baldios são potenciais criadouros do mosquito da dengue. Em épocas de chuva forte, vestígios podem ser carregados, espalhando lixo pelas ruas e entupindo bueiros. Alguns entulhos frequentemente despejados em terrenos vagos, como tijolos ou madeiras, também favorecem o aparecimento de aranhas e escorpiões, trazendo preocupação para moradores dos arredores.

 

Como resolver esse problema?

 

A responsabilidade pelo cuidado e manutenção do terreno é do dono, porém sabemos que muitos proprietários vivem longe, desconhecem ou não têm como arcar com a organização do local. Se o dono do terreno faz parte da sua comunidade e está disposto a limpar o lote, uma boa ideia é organizar um mutirão de limpeza. 

 

Para casos em que não se conhece o proprietário do local, ou ele não tem interesse em resolver a situação, o melhor a se fazer é entrar em contato com a prefeitura de sua cidade. Desta forma, o órgão responsável da prefeitura pode tomar as ações legais e cobrar uma atitude do proprietário.

 

Ajude a evitar 

 

Fique sempre atento a terrenos desocupados próximos da sua casa ou trabalho e oriente as pessoas, para que ninguém crie o hábito de jogar lixo nesses locais. Conscientizar os moradores através de uma simples conversa pode fazer toda a diferença. Um ambiente mais saudável, bonito e higiênico depende de todos nós. 

 

Ajude a manter seu bairro limpo reciclando, separando, e claro, despejando o lixo no lugar certo.

Publicidade:
Publicidade: