Gazeta Regional Geral

A Dona do Pedaço: Após virar assassina, Josiane incendeia fábrica de bolos da mãe


11/07/2019 - Fonte: Notícias da TV

Desprezada por Régis (Reynaldo Gianecchini), Josiane (Agatha Moreira) vai virar a maior inimiga de Maria da Paz (Juliana Paes) em A Dona do Pedaço. Após matar Jardel (Duio Botta), a assassina agirá para ter a fábrica de bolos passada para seu nome e, assim, deixar a deixar a mãe na miséria. A garota malvada usará o ódio de Rael (Rafael Queiroz) para conseguir o que quer. Ela mandará o primo até atear fogo no local.

No início do próximo mês, a novela de Walcyr Carrasco terá reviravoltas. Maria da Paz se virará contra a filha ao descobrir que ela a traiu para ter dinheiro para comprar roupas novas. Josiane exigirá propina de uma arquiteta que ela convencerá a mãe a contratar. A boleira dará uma surra na filha e cortará suas mordomias. 

Já Régis se cansará dos golpes e passará a fugir da amante. Ao mesmo tempo, o mordomo da boleira chantageará a filha da patroa. Ele exigirá dinheiro para não mostrar a Maria da Paz uma prova de que Josiane tem um caso com o padrasto. A perversa marcará um encontro no metrô para entregar a quantia exigida pelo funcionário e o jogará nos trilhos para ser atropelado por um trem.

Dívidas e empréstimo

Por conta da compra de uma mansão e da contratação de um batalhão de empregados, Maria da Paz vai se endividar. Ela, então, fará empréstimos e montará um superestoque para produzir muito mais bolos e quitar suas dívidas.

O plano da megera de tomar a fábrica da mãe será destruir o estoque e fazer a boleira ter medo de perder tudo que está em seu nome. 

"Se minha mãe tiver um grande prejuízo agora, não paga o empréstimo. E se não pagar, pra não perder a fábrica, você dá a ideia dela botar a fábrica no meu nome. Ela vai fazer qualquer coisa pra não perder. E eu, como filha boazinha, deixo ela botar a fábrica no meu nome", explicará Josiane a Régis. Ele não topará participar do plano.

Pacto dos Matheus

A golpista, então, verá que Rael nutre ódio pela boleira e vai propor um pacto ao primo matador. O sobrinho de Amadeu (Marcos Palmeira) explicará que não pode atirar na boleira porque prometeu isso ao tio. "E se eu quiser fazer uma coisa que só prejudique minha mãe? Sem tiro?", indagará a mimada.

"Por que você faria isso? É filha. Ah, mas não precisa dizer por quê. O sangue fala mais alto, não é? Dentro de você tem o sangue Matheus. Tudo certo. Só prometi não dar tiro. Portanto, se não for tiro, eu faço", responderá o limpador de vidros.

Eles voltarão a se encontrar depois dessa conversa. Ela entregará um pacote nas mãos dele. "Tá tudo aí? Minha mãe sempre tem uma chave reserva da fábrica. Eu sei onde ela guarda. Depois me devolve pra eu pôr no mesmo lugar", falará a malvada.

Destruição e chamas

"Tudo que é combinado é certo, prima. Cada vez mais eu vejo que você é minha prima de verdade. A gente não acertou. Vai sobrar algum pra mim?", questionará o rapaz, que receberá maços de dinheiro da golpista.

"Agora faz o que tem que fazer e dá o fora. Não pode ser pego pela polícia", ordenará a filha cruel vivida por Agatha Moreira. Rael rebaterá que sabe se cuidar e que mandará notícias quando terminar o serviço.

Ele aparecerá entrando na fábrica, jogando gasolina para todos os lados. As chamas começarão a destruir todo o estoque de alimentos. As cenas estão previstas para irem ao ar no capítulo de 10 de agosto. 

Publicidade:
Publicidade: