Gazeta Regional Estado

FETAG-RS reúne mais de 12 mil agricultores para reivindicar valorização da agricultura familiar


16/05/2019 - Fonte:

Um Movimento Sindical para reivindicar a valorização da agricultura familiar aconteceu na cidade de Santa Cruz do Sul, no parque de Exposições da Oktoberfest. Trata-se do 9º Grito de Alerta que busca a garantia de direitos desses cidadãos, além da criação e manutenção de políticas públicas, contra a perda de direitos na reforma da previdência e a favor da auditoria da dívida pública. Foram mobilizados mais de 12 mil agricultores familiares na cidade de Santa Cruz do Sul, a FETAG-RS e os 319 Sindicatos de Trabalhadores Rurais.

Agricultores de todos os cantos do estado participaram para unir sua voz e chamar a atenção dos governos estadual e federal. A multidão saiu em caminhada pelo centro da cidade, puxados por uma ala de tratores e carroças de tração animal. As paradas aconteceram em frente ao Sinditabaco, ao Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Lá, o gerente do BB anunciou que disponibilizarão 50 milhões para acesso dos agricultores ao PRONAF Mais Alimento.

Em frente ao INSS, o ato mais forte aconteceu, com uma mística da juventude e das mulheres rurais mostrando que a categoria não deixará que o governo tire os direitos. O presidente da FETAG-RS, Carlos Joel, afirma que “O Grito de Alerta já surtiu efeito. O presidente da comissão especial da PEC 06 anunciou que estamos fora da reforma. Contudo, é necessário compreender que ainda precisamos garantir o voto dos 171 deputados favoráveis à emenda na PEC.”

Carlos Joel ainda comunicou que o Grito de Alerta ecoou em Brasília. Eles conseguiram agendar uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para esta quinta-feira (16). A data será para tratar sobre a reforma da previdência para os rurais.

Publicidade:
Publicidade: